Empreendedorismo Escrita

Trabalhando em casa. E agora?

Trabalhar em casa, o famoso #homework no qual passamos longas horas nos inspirando em home offices no pinterest, aquele sonho quando estamos trabalhando para outra pessoa ou em outro lugar, podendo fazer nossos horários… Quem sabe uma segunda de folga? Pois é, há alguns meses “comecei” a trabalhar em casa. Desde que abri a empresa, não foi uma simples percepção de que eu precisaria fazer um horário de trabalho, mas como uma necessidade que as outras pessoas da casa entendessem que apesar de estar em casa, não estou LIVRE para interromper toda hora para lavar banheiro ou fazer o almoço. E se você trabalha ou vai trabalhar em casa, acompanha esse post porque eu vou te dar dicas úteis de como lidar com a influência externa na sua rotina e carga horária dentro do seu lar.

Eu sou uma pessoa que só funciona com planejamento e listas. Sou muito desorganizada com as coisas de casa (limpeza, organização e roupas) e percebi que fazer checklist de tudo, inclusive para garantir minha sobrevivência, mas, ainda com toda essa minha tentativa de organização, falho muito para os outros e tento administrar minha ansiedade em torno das outras pessoas gerenciando minha rotina, mas, assumo que preciso melhorar em muitos pontos. Quando a gente trabalha em casa, há muita expectativa em cima de quem está ganhando dinheiro online. E desde que entrei para esse mundo, precisei melhorar muito meus posicionamentos e ao mesmo tempo percebi que nem todo estresse de trabalhar em casa é por minha culpa.  Quem mora sozinho, tem mais liberdades de deixar a louça na pia e priorizar a limpeza da casa, manutenção ou não, mas para quem ainda mora com os pais é simplesmente desesperador quando eles não entendem que você não está no computador aleatoriamente só para passar o tempo.

Fiz uma listinha de coisas que devemos fazer para tentar manter a paz da casa, do seu estado de espírito e a produtividade do seu trabalho.

  • Tenha uma rotina: comece em um horário, faça horário do almoço, volte e tenha seu encerramento no fim do dia.
  • Levante mais cedo

    (o que estou tentando). Quem mora com os pais e precisa “se fazer presente”,  faça um checklist das suas tarefas domesticas diárias, execute com tempo o suficiente para começar seu trabalho ainda no horário da manhã, ou, deixe para começar depois do almoço e encerre a noite (tente encaixar seu trabalho de acordo com suas necessidades, mas eu desencorajo quem deseja trabalhar de madrugada, é simplesmente pior acordar mais tarde, principalmente quem mora com gente que não entende seu trabalho).

  • Organize as necessidades.

    No meu caso, há muitas funções por trás de um simples blog que ainda nem é tão conhecido, mas, é preciso priorizar o que deve ser resolvido e executado o quanto antes, além de responder uma centena de e-mails e comentários, fazer interação com leitores e verificar as postagens, ou seja, faça uma lista de prioridade e marque dias da semana para realizar aquilo que tem que ser feito toda semana.

  • Não procrastine

    (essa é pra mim mesma, mas serve para você também). Não deixe para fazer no dia seguinte aquilo que você pode executar naquele dia.

  • Dê adeus a dormidinhas de tarde. Eu sei que trabalhar em casa nos dá muitas vantagens, além de uma rotina menos estressante, claro que você pode (e às vezes até deve) dar uma pausa e tirar um cochilo, assistir a novela da tarde ou parar para assistir sua série favorita no netflix, mas saiba que não pode se tornar uma rotina dormir longas horas todo dia de tarde porque a sonolência atrapalha aquilo que você deixou para depois para poder dormir um pouco. Reflita sobre como uma simples soneca pode atrapalhar o seu desempenho de metas e financeiramente no final do mês.
  • Faça alongamentos:

    não fique o dia inteira digitando, desejando, costurando, criando e produzindo e esquecer que seu corpo sofre com isso. Coma bem também, não é porque está em casa que deve deixar de comer.

  • Tenha dias de folga.

    Deixe seu trabalho de lado por um dia ou dois, final de semana ou não. E fique longe, se distrai, se reconecte com o universo, busque novas inspirações e volte com novas energias.

E essas são as minhas dicas humildes e simples que estou tentando organizar minha vida, minha rotina e ao mesmo tempo lidar com a pressão externa. Quem tem problemas de ansiedade como eu, é preciso muita concentração e oração para dar certo mesmo quando tudo ao seu redor parece conspirar para seu trabalho não romper. Não desista, ok? E conforme for descobrindo essa minha nova vida, vou compartilhando com vocês. E se tiver alguma dica, deixa aqui nos comentários.

You Might Also Like