Editora Novo Conceito Resenha

Resenha – Pipocando

Já é bem tarde da noite, me encontro no meu novo “home office” e estreando a leitura nesse cantinho que foi bem mais pensado que o primeiro, com um livro que fiquei muito feliz quando soube do lançamento e mais feliz ainda quando a Editora Novo Conceito, parceira do blog, enviou para resenha. Para quem não sabe, sou fotógrafa e produtora audiovisual, então, acompanho muitos canais sobre cinema e cultura pop no youtube e o Pipocando sempre esteve na minha lista de favoritos nos últimos anos, principalmente porque me identifico com a maioria das opiniões lançadas por eles. Pipocando é um livro sobre os bastidores do maior canal de cinema da América Latina e possui um manual de sobrevivência no youtube.

whatsapp-image-2016-09-26-at-20-33-43-2

Para começar, por favor, perdoem se em algum momento desta resenha possa vir parecer um pouco emotiva e negativa, mas garanto que não é sobre a história e o livro em si, mas sim que ainda não sei se ler Pipocando na atual fase da minha vida, principalmente nessa semana, me deixa um pouco mais amarga ou um pouco mais esperançosa. Para quem quer entender e não me conhece, sou formada em audiovisual e fotografia, mas como o próprio livro retrata, o mercado de trabalho não é muito fiel, dirá justo e em casos como meu, chega ser até um completo desperdício de tempo por muita criatividade enlatada na cabeça e pouco dinheiro para produzir tudo e falta de apoio. Enfim, os motivos são muitos, que falados parecem meras desculpas, porém, quem é da área sabe que nem tudo é “mimimi”.

Pipocando é a nova aposta da Editora Novo Conceito, que vem publicando livros relacionados a internet e com temas que não faziam parte do catálogo e estou adorando que a editora tem investido em livros menores, mais “modernos”, fugindo um pouco de todos os romances e histórias de suspense. Gosto dessa versatilidade e tenho ficado muito apaixonada pelos últimos lançamentos e de coração, torço muito que seja sucesso! Pipocando, pra mim, foi como um sopro de ar puro e um soco no rosto ao mesmo tempo. A cada página sobre a história deles, foi um tapa sem luva bem dado e percebi que preciso mudar muito minhas posturas profissionais se eu quero chegar a algum lugar e outras eu simplesmente vi que não dá pra ter esperanças no momento atual do país.

Rolandinho e Bruno são dois caras que ganharam a minha admiração pela garra e força de vontade. Os dois possuem começos muito diferentes (pelo menos no meu ponto de vista) e o que mais me chamou atenção é que quando a gente está destinado a algo grande, tudo começa quando ainda somos “pequenos”. Com eles foi exatamente assim, os dois não tinham uma “herança” na área, começaram do zero, se arriscaram para aprender, se jogaram, literalmente de cabeça nos seus projetos, nas ideias mais loucas e naquilo que acreditavam. O começo da Blues (produtora do Pipocando) e do Pipocando é emocionante e muitas das aventuras que eles passaram, já aconteceu comigo e por isso me pego no meio do caminho entre a esperança e a dorzinha de cotovelo (não zicando o trabalho alheio, longe de mim!).

E para finalizar, eles possuem um manual muito prático, direto e divertido para quem deseja bombar no youtube. São dicas simples, realmente úteis, que foram bem abordadas e eu acredito que espaço no sol quente tem para todos, difícil mesmo é conquistar um lugar na sombra. Gostei muito, é bem curtinho, digo, bem fininho, com uma diagramação chamativa, ilustrada, fonte bem grande (meus olhos agradeceram!) e uma linguagem fluída, coisa do dia-a-dia, muitas vezes parecia que estava ouvindo-os falar porque já conheço a voz de ambos só de acompanhar o canal. Espero que gostem tanto quanto eu gostei!

You Might Also Like