Editora Arqueiro Resenha

Resenha – A Garota Italiana

São 03h40 da madrugada e eu aqui, sentada na minha cama com o computador no colo e chorando por ter terminado mais uma leitura maravilhosa da Lucinda Riley com A Garota do Penhasco, publicado aqui no Brasil pela Editora Arqueiro que é parceira do blog – e sou muito grata a isso. Acompanho a Lucinda graças a Editora Novo Conceito que desde 2010 é uma editora muito companheira na minha caminhada e já tive algumas interações com a autora, então, quando o lançamento de um dos seus títulos antigos, da época que usava seu codinome e não tem publicação traduzida, me senti muito feliz. Finalmente poderia mergulhar na famosa história de Rosanna Menici.

 Rosanna é a filha caçula de uma família “napolitana” de classe média baixa, que possuem uma simples cantina para o sustento de um casal com três filhos. Os pais não escondem a obvia preferência pela filha mais velha, Carlota e meio que escravizam os outros dois. O irmão do meio, Luca, era o único que apoiava e incentivava o talento de Rosanna, cujo jovem, usava roupas velhas – as novas eram sempre da irmã -, não tinha nenhum tipo de atenção maternal e cantava com uma emoção capaz de comover até os corações mais duros. Seu talento não era explorado pela família e escondido dos pais, começou a ter aulas de canto com um professor bastante aclamado, graças a indicação de Roberto Cassini, um próximo a família cujo a aproximação traz a Rosanna uma paixão e diversos outros problemas a vida de Carlota.

Roberto é um personagem incógnita até metade do livro e apesar da trama envolvê-lo diretamente, não é tão fácil saber quem ele é tão bem como é fácil descrever Rosanna. Ela é a personificação de uma garota italiana, seja na descrição física como também nos seus atributos de personalidade. Doce, sonhadora e muito romântica, mergulha no mundo difícil da música lírica sendo um verdadeiro destaque, capaz de arrancar os melhores e os piores sentimentos das pessoas ao seu redor e quando cresce, finalmente consegue estar junto de Roberto em um romance cheio de reviravoltas sentimentais que me deixou a beira das lágrimas e com o coração na mão.

Lucinda é capaz de criar um cenário ideal para um romance real que te deixa completamente presa. Não são histórias de amor fáceis. Estão sempre repletas de muito drama, pensamentos difíceis, reviravoltas complicadas e muita, mas muita cultura do local escolhido para história crescer. Não é simplesmente água com açúcar. É o livro com jeitinho certo para uma noite fria com vinho. Uma leitura bem válida para aprender mais sobre a música lírica, questões sobre óperas e a guerra que é conseguir um bom papel mediante a todos os competidores. Foram horas realmente emocionantes e recomendo! E espero mais publicações da Lucinda o mais rápido possível.

You Might Also Like