Feminismo

Lugar de Mulher

“Já se perguntou o lugar da Mulher no Mundo?”

Carta da edição

Essa foi a pergunta de uma menina de doze anos que teve sua primeira reação com a famosa frase “não é lugar da mulher”. Alguns dias depois tive um debate acalorado com meu pai sobre o serviço obrigatório militar e o feminismo. Segundo ele, não queremos lutar por coisas que não nos são cômodas. Nós discutimos por horas sobre a visão que a maior parte das pessoas tem sobre a luta diária pelo direito da mulher. E onde o feminismo se encaixa nessa questão.

É claro que ele acha que está certo. E é por isso que meninas ainda não conseguem entender qual será o seu lugar no mundo quando crescerem. A vida adulta é tão utópica quando somos crianças! E imagina crescer em um momento onde todas as pessoas que conhecem estão brigando sobre quais são os direitos e deveres? Como a Simone Beauvoir disse: basta uma crise política, econômica e religiosa para que os direitos da mulher sejam questionados. E na atual condição do país, estamos em constante luta pelo pouco que conquistamos ao longo dos anos.

Quando mais nova me disseram que era grande demais para fazer ballet. Dança que ainda é encarada tipicamente como feminina. E um pouco mais velha, disseram que era mulherzinha demais para enfrentar o serviço militar como chegou a ser meu desejo por um tempo. Basta analisar, sempre terão uma opinião sobre o que devemos fazer. Seja com nosso corpo ou com a nossa profissão. A sociedade sempre te colocará em um lugar que eles acreditam pertencer a mulher. Mas uma coisa que nós nunca devemos esquecer é:

Nosso lugar é onde quisermos. Seja na cozinha, no ballet ou em uma grande corporação.

CONFIRA NOSSA MATÉRIA SOBRE EMPODERAMENTO FEMININO.

Você é a única pessoa que pode definir onde quer estar. Você vai se dedicar a sua carreira na sua força e intensidade, mas se quiser ser esposa e cuidar da sua casa. A decisão é sua. Seu lugar é onde seu coração está e jamais porque seu gênero “se encaixa” ou não. A mulher é tão capaz em seguir na carreira militar, na medicina, no competitivo mercado de trabalho industrial ou na engenharia, virando cimento como qualquer um. Mas se não quiser, tudo bem! A escolha da sua carreira é por aptidão e paixão. Não porque seu sexo é feminino ou não.

O lugar da mulher é onde quiser.

 

 

You Might Also Like