Feminismo Filmes

Filmes que toda mulher deve assistir

Depois do post semana passada sobre não ter medo do feminismo eu percebi que meu maior medo é uma realidade. Muita gente tem medo do feminismo, medo de tudo que tem saído na internet, da falta de interpretação e extremismo, é preciso ter calma, paciência e acima de tudo, muito respeito para quem não entende e para quem está assustado com a brusquidão que muitas coisas tem acontecido ao mesmo tempo. A sociedade, definitivamente, não é adepta a mudanças e menos ainda, a ver mulher no lugar de igualdade e equidade. O que isso tem a ver com o post de hoje? Separei três filmes que fala sobre três itens importantes na vida de uma feminista  – e que deveria ser importante na vida de todas as mulheres, independente de fazer parte ou não do movimento.

Histórias Cruzadas – sobre uma mulher branca lutando com uma negra: todo mundo me pergunta qual é a minha posição no empoderamento negro e essa é uma das partes mais delicadas da minha vida que eu realmente tenho medo de ser atacada por alguém por apropriação cultura, afinal, esse é o tema que eu discordo que exista no Brasil, onde a maior parte da população é uma mistura danada. E eu não sou branca. Enfim, o filme que escolho sobre esse tema é Histórias Cruzadas com as duas vencedoras do Oscar: Emma Stone e Viola Davis, respectivamente como uma jornalista branca da “alta sociedade” e uma mulher negra, da sociedade das empregadas negras,  muito comum naquele tempo (e convenhamos, hoje em dia também). Essa história é simplesmente surreal de emocionante e mostra claramente que tipo de mulher foi as ruas queimar seus sutiãs e as adoradas esposas de uma sociedade hipócrita, machista, no qual ainda temos um grande reflexo.

Missão Madrinha de Casamento – sobre a perversidade na amizade feminina: esses foi um dos filmes que mais ri na vida, mas, também o filme que mais me fez analisar como realmente é a inimizade feminina, o quanto esse universo é muito cruel e realmente existe. Houve um tempo na minha vida que eu ficava muito nervosa, preocupada e me defendia dos ataques, mas no fim, percebi que a sororidade é um caminho que quando você adota, o universo retorna. O filme conta a história de uma mulher que foi deixada pelo noivo, perdeu o emprego e foi convidada pela sua amiga para ser sua madrinha de casamento, onde ela conhece a nova melhor amiga da noiva, uma mulher aparentemente perfeita e que deseja tomar seu lugar de madrinha. As situações do filme são hilárias e tão cruéis quanto Meninas Malvadas e não tão inocentes quanto Noivas em Guerra. Vale a pena assistir.

Para Sempre Alice – para reconhecer seu lugar no mundo e aceitar as mudanças bruscas da vida: Conheço muita gente que tem preconceito com esse filme pelo simples fato que Kristen Stewart também tem uma grande participação no filme e aí, apenas digo o bom filme sobre uma mulher de carreira respeitável, mãe, esposa, que “contrai” Alzheimer de forma precoce e precisa lidar com as mudanças bruscas da vida em sua carreira, o reparo do seu relacionamento com sua filha caçula, sentindo a diferença de tratamento de outras pessoas e o quanto seu marido foi afetado com sua doença. Chorei muito, entendi muito sobre a vida, o lugar de uma mulher depois que a sua vida começa a desvanecer na sua memória. É uma boa pedida.

Esses filmes são os três passos para entender três lados do feminismo, que devem ser analisados com calma, com o coração e também são excelentes histórias que irão agregar ainda mais o seu dia-a-dia. Conte aqui nos comentários os seus filmes favoritos sobre o tema. Conto com vocês!

You Might Also Like