Destaque Editorial

É hora de começar a trabalhar!

Enquanto muitos dormem, estamos trabalhando para começar esse projeto com o nosso melhor. O ano de 2016 não foi fácil para ninguém, não só em termos de política e crise, mas acredito que a vida pessoal de muita gente encontrou o caminho de descida ladeira abaixo e no meu caso, encontrei a subida de uma forma ingrime, no sol quente e sem ter onde me segurar. Conversando com a Nat algumas horas atrás, nós duas nos demos conta que estamos com medo. Parte dessa ideia está baseada na aceitação de um público que fizemos parte durante quase oito anos. Conquistamos muitos amigos assim como também conquistamos uma série de desafetos, que no meu ponto de vista hoje é completamente indiferente, já que eu e ela crescemos, mudamos, passamos por muitas situações complicadas e precisamos amadurecer.

O Caos Feminino é parte disso. Desse amadurecimento e ao mesmo tempo da necessidade de não perdemos aquelas pessoas que fomos ao vivenciar o dia-a-dia no fandom. Sentimos falta de ter com quem falar já que temos muito o que dizer. Desejamos, acima de tudo, que esse espaço seja tão acolhedor e atrativo como era antes e além disso, que seja o momento não só meu e da Nat, como de todas as meninas que se tornaram mulheres. A vida de muita gente mudou, a nostalgia está aqui. E o que fazer com elas? Trabalhar para criar conteúdos ainda mais inovadores e modernos, ter de volta aquele aconchego divertido. Toda essa novidade pode ser recebida com alegria ou pedras, o medo está bem presente, mas nós vamos tentar porque é o que temos. E se conquistamos tanto na primeira vez, por que não poderemos fazer na segunda?

O Caos Feminino chegou e é hora de começar a trabalhar!

You Might Also Like