All Posts By

Mariana Cardoso

Empreendedorismo

Como empreender sua criatividade?

Estamos acostumados a pensar  que negócios criativos não dão lucro. Também somos condicionados a achar que o nosso maior dom não pode ser nossa fonte de sustento. Muitas vezes somos aconselhados a deixar aquilo que amamos como hobbies, sempre na desculpa que se tornar profissão, vai perder o amor. Temo que a maior parte das pessoas frustradas profissionalmente foram aconselhadas a seguir caminhos que visavam o dinheiro certo – e não a felicidade. Mas e se você pudesse fazer o que ama? E se talvez a vida fosse mais prática se soubéssemos empreender a nossa criatividade? Na maior parte dos casos, nem é preciso tanto investimento, a não ser força de vontade e paciência, mas o sonho de ser realizado no seu trabalho é possível de ser realizado. Não estamos falando de nenhuma utopia e nem é aquele post motivacional bobo, quero que você entenda que existem ferramentas que te ajudam a vender seu negócio.

Continue Reading

Música Televisão

Rapidinhas da Semana – Kim, Khloe, Katy, Kristen e mais!

Pessu, como algumas de vocês sabem, o giro de rapidinhas da semana é uma maneira prática de dar minha opinião na vida dos famosos além dos que separo para trabalhar nos textos e tenho algo mais a dizer. É um projetinho que tenho a um tempinho e finalmente parei para colocar em prática. Vou compartilhar as notícias “mais quentes” de quem me interessa e acompanho na internet. E também separei link das amigas blogueiras que mandaram muito bem essa semana ou em sua última postagem e que acho que vocês devem acessar, então, espero que gostem e seja um sucesso. E como aqui é um espaço para valorizar outras mulheres, vocês podem me enviar links de matérias e outras coisas que gostariam que fossem divulgados, basta enviar para blogcaosfeminino@gmail.com.

Continue Reading

Cinema

{Cinema} A Mulher é realmente uma Maravilha

Claro que eu não deixaria passar o lançamento de Mulher Maravilha, mesmo com meu eterno medo dos filmes da DC, afinal, os últimos foram uma completa e imensa decepção. Confesso que a falta de marketing pesado como foi com Esquadrão Suicida e Batman Vs Superman me deixou um tanto irritada e ao mesmo tem receosa que fosse apenas uma gigante produção sem corresponder as expectativas do público. E minha nossa senhora das mulheres maravilhosas pelo mundo, onde aperta para abraçar o diretor de fotografia e a Gal Gadot? Claro que a direção geral (Patty Jenkins) tem toda influencia sobre os efeitos visuais, sonoros e no roteiro, mas esse filme não seria tão bom se essa mulher – gente, ela é linda demais! – não fosse a nova Wonder Woman desse século. Se eu amei? Muito! Mas eu tenho uma review completa com muitos detalhes para falar, então, pega a pipoca e vem comigo!

Continue Reading

Empreendedorismo Música

O que precisamos aprender com a Anitta?

Disseram que ela não passaria de Show das Poderosas, que em cinco anos ninguém se lembraria da cantora que saiu da “Furacão 2000” e queria ganhar o mundo. Isso foi há alguns anos atrás, agora ela está alcançando a carreira internacional e muita gente tem o que falar sobre sua bunda e suas cirurgias plásticas, mas poucos têm coragem de admitir que a jovem garota saída do subúrbio do Rio de Janeiro está ensinando muita gente e inspirando muitas mulheres a dominarem e administrarem suas carreiras, focando nos seus objetivos e alcançando o tão sonhado o sucesso. Desde que comecei a estudar sobre empreendedorismo e mergulhei de cabeça na vida de coaching sobre profissionalismo passei a admirar ainda mais Larissa de Macedo Machado, de apenas vinte e quatro anos, realizando e inovando a música pop – não adianta negar, antes dela surgir, o que era a música pop no Brasil? E mesmo com a força que é o sertanejo universitário, ela consegue o topo das paradas e mais parcerias internacionais de peso que até mesmo Ivete Sangalo produziu. Não é um texto sobre endeusar a Anitta, mas sim sobre perceber o quanto nós somos as maiores julgadoras de sua carreira e o quanto podemos ganhar o mundo se sonharmos.

Continue Reading

Destaque Textos

Não sou o amor da sua vida

Desculpa, mas eu não sou o amor da sua vida. Eu não sou aquela garota que vai mudar e te colocar de cabeça para baixo. Sou apenas mais uma e não quero ser algo mais. Estou colecionando aventuras, vivendo da minha forma louca e imprevisível e não posso preencher o papel cheio de expectativas de ser aquela que vai fazer seu coração bater diferente, te mudar e ser a única que enxergue no meio de uma grande multidão.

Continue Reading

Cinema Filmes

{Cinema} Rei Arthur: A Lenda da Espada

Semana passada fui ao cinema para estréia pouco falada de Rei Arthur: A Lenda da Espada e por algum motivo reparei que o marketing aqui no Brasil sobre o filme foi um tanto mais contido dos demais filmes de ação e principalmente com uma história que poderia chamar atenção da grande massa, porque ao assistir o trailer antes de sair de casa, fiquei meio confusa sobre o que esperar. Guy Ritchie assinou tanto a direção quanto o roteiro, o que significava pra mim boas chances de finalmente ter uma boa história, mesmo que já tenhamos uma quantidade infinita de séries e filmes que falavam sobre a famosa espada. No entanto, decidi escrever sobre o filme de tamanha a minha surpresa com a fotografia, trilha sonora e a atuação de Charlie Hunnam que já conheço e amo por causa de SoA!

Continue Reading

Séries

Séries femininas que não gostei.

Vocês já devem ter percebido que sou a louca das séries. Estou sempre procurando temáticas novas e acompanhando lançamentos para assistir e por consequência trazer aqui para vocês as que acho muito boa para compartilhar meu amor, porém, na minha última postagem sobre séries femininas uma amiga me perguntou quais séries que todo mundo amou e eu não consegui assistir, tem várias e talvez faça algum post sobre todas no futuro, mas hoje vou ressaltar duas séries que todo mundo ama – ou a maioria fala muito bem e eu não consigo assistir, me apegar e muito menos ter vontade de maratonar. Não gosto de assistir séries sem desejar o próximo capítulo ou que me dá a impaciência de pular a linha do tempo, querendo saber o que vai acontecer porque aquela cena está me irritando. Não sei como funciona com vocês, mas, eu preciso ter uma conexão especial com os personagens, me sentir parte da história ou nada feito.

Continue Reading

Escrita

Cinco vícios em histórias que me irritam

Quando comecei a escrever há exatamente sete anos atrás, cometi muitas gafes e muitos erros, não só de escrita, como de cronologia, de idade e uma série de fatores que hoje em dia me irritam profundamente. E para comemorar esse marco tão importante na minha vida, reuni cinco fatores que (eu já cometi alguns) me irritam profundamente quando abro um link de uma história aleatória e tenho vontade de “explodir” meus miolos ou enviar um e-mail gentil a autora, relatando a minha experiência e aprendizado. Quero deixar claro que não sou e estou bem longe de ser a melhor autora do mundo, escrevo mesmo porque é um exercício, aprendo muito com as pesquisas e tenho betas maravilhosas que sempre corrigem meus errinhos e treino para não repeti-los.

Continue Reading

Cinema Filmes

{Cinema} Antes Que Eu Vá

Ainda lembro de quando li Antes Que Eu Vá no lançamento pela Intrínseca alguns anos atrás. Samantha Kingston nunca foi a minha personagem favorita, porém, se tornou memorável o suficiente para que me desse uma grande animação de ir ao cinema e assistir logo no final de semana da estréia. Os motivos eram os mesmos de quase todo mundo: o agrado pela atriz principal, Zoey Deutch, uma adaptação jovem e a necessidade de ver como seria mais alguma adaptação dos livros jovens para o mundo do cinema. O drama da Lauren Olliver em suas palavras que se tornou um best seller ainda é a minha forma favorita de passar por essa história, porém, o filme dirigido por Ry Russo-Young (atriz e diretora de 35 anos) também merece a sua atenção.

Continue Reading

Séries

Duas séries novas que serão um sucesso! #CW

Esse final de semana “fui surpreendida” com duas séries com duas atrizes que adoro muito e que serão lançadas em breve. Ambas pertencem a CW e possuem tramas que parecem ser bem trabalhadas, uma com um drama emocional familiar mais puxado para doenças e problemas da vida e outra para drama familiar que envolve dinheiro, sexo, poder e algumas guerras entre mulheres. Se estou animadíssima para as duas? Claro que sim! Impossível não ficar apaixonada pela fotografia apresentada e trilha sonora!

Continue Reading