Reflexão

A importância de ser curado pelo amor.

Não há outra forma de ser curado nessa vida. A gente pode até ir atras de um psicólogo para ajudar a resolver nossas neuroses e maluquices, mas a palavra de um psicologo nunca será mágica, só terá efeito em nós se ela despertar em nossos corações a capacidade de amarmos a nós mesmos. Às vezes parece que escutamos a mesma coisa a vida inteira e perdemos o efeito daquilo que escutamos, porque escutamos demais. Muitas vezes o que nos toca não é uma palavra nova, vinda de uma pessoa que você nem conhece, é a palavra antiga (aquela que você já tanto ouviu) dita na hora certa. Às vezes até já temos na mente a sequencia das palavras que nos serão ditas mas  não experimentamos a eficacia real daquelas palavras. Quantas vezes você ouviu as mesmas coisas?

Querendo ou não você sabe que um coração só pode ser curado na medida em que ele é amado, parece clichê mas é a pura verdade. Desde as primeiras quedas (ainda quando bebê) você só foi curado pelo amor de alguém. Você precisou muito ser curado pelo amor das pessoas a sua volta para que você tivesse condições de ser quem você é hoje… Eu ainda me arrisco a dizer que muitas vezes passamos um ano inteiro com nosso eu adormecido até que alguém chegue e desperte o melhor que você guardava dentro de si, numa caixinha trancada. A psicologia não faz outra coisa a não ser nos ajudar a buscar perto de nos a autoreconciliação, o autoperdão… é porque muitas vezes já não temos mais estantes, caixas e armários  para colocar os nossos inúmeros  fracassos (e fracassos não foram feitos para serem colocados na estante). Fracasso é um material velho que precisa ser reciclado para produzir o novo, e só o amor é capaz de reciclar as nossas falhas… só o amor.

Quem um dia amou, quem um dia foi verdadeiro amado, entende o quanto isso é tão transformador na vida de quem precisa ouvir isso. Esquece o que passou e põe a sua atenção naquilo que você pode agora. É isso que transforma. Nada, absolutamente nada mudou ao seu redor, basta que você enxergue tudo de uma nova forma, com uma nova força que te impulsione a seguir em frente. Não deixe que o medo do fracasso faça com que você deixe de acreditar no essencial, na sua felicidade.

Tenha a coragem de amar a si mesmo e ao seu próximo, não no momento em que você quer, mas no momento em que mais é preciso. Valorize o olhar nos olhar, a mensagem querida, o sorriso dado, a distância que permite a saudade, o amor do próximo que insiste em te curar… conserte o seu jeito de olhar para as pessoas, o resto é consequência.

You Might Also Like