Destaque Filmes

5 filmes com Viola Davis

Viola Davis é uma das atuais criaturas da criadora Shonda Rimes, sendo estrela da série de suspense How To Get Away With Murder. É uma atriz estadunidense, casada e mãe. Vencedora de dois Tony Award e um Emmy, a atriz foi indicada ao Oscar de melhor atriz em 2009 por sua atuação no filme Doubt, no mesmo ano apareceu no filme Law Abiding Citizen, mas, antes de ser a nossa amada e idolatrada Annalise Keating, ela me marcou em três personagens que tenho certeza que quem assistiu a tais filmes, também tem a Viola com carinho no coração. E Esse ano, ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por Fances (mas ela já merecia o Oscar por outros os dos seus principais papeis da carreira). Ela também é uma das mulheres que mais está a frente do movimento feminista e do empoderamento negro, por isso foi escolhida para indicação nessa semana.

Em 2016, ela estreou em Esquadrão Suicida como Amanda Waller, uma personagem icônica do universo DC Comics, que após perder o marido, se muda para D.C, se forma em Ciências Políticas, passa a trabalhar e ter muita influência na Casa Branca, criando assim o Esquadrão Suicida, onde os vilões estariam a serviço do Presidente dos Estados Unidos. Viola desempenhou seu papel com perfeição e mesmo com as muitas críticas em relação ao filme que eu particularmente detestei, sou obrigada a dizer que ela foi uma Amanda de acordo com que imaginei dos quadrinhos, mas o filme poderia ter sido melhor sim.

Minha relação com a atriz começou em 2012, quando assisti ao filme Histórias Cruzadas, um filme de drama baseado no livro do mesmo nome da autora Kathryn Stockett que retrata a história de Skeeter, uma jornalista branca que mergulha no universo negro das domésticas, ouvindo e escrevendo suas histórias a fim de dar-lhes as chances de ter a sua voz. O filme é simplesmente emocionante e das histórias contadas, a personagem de Viola é que mais se aproximou de uma realidade próxima a minha família e realmente recomendo que assistam.

Assim como o filme anterior me marcou, Lila & Eve teve um papel fundamental em me fazer buscar mais filmes interpretados por Viola. O filho de Lila (Viola Davis) foi assassinado em um tiroteio. Quando ela começa a frequentar um grupo de apoio, conhece Eve (Jennifer Lopez), cujo o filho também foi brutalmente assassinado. As duas mães se unem em uma perigosa e alucinante investigação sobre a morte de seus filhos, colocando suas vidas em risco e provando que o amor de mãe é realmente capaz de ir até o inferno por seus filhos.

Continuando a minha busca por filmes da Viola, descobri que ela tem uma participação vital em Dezesseis Luas, que é uma historiazinha meia boca no filme, não sei quanto ao livro, mas, eu gostei da personagem da Viola, principalmente na sua caracterização e a sua importância na construção da personagem principal, uma atriz que diga-se de passagem, executou muito bem seu papel. As duas em cena eram completamente diferentes fisicamente, mas é possível ver uma bonita sintonia que tornou todo o filme bastante tolerável.

E para finalizar, Ender’s Game – O Jogo do Exterminador, não é o melhor e nem pior filme que Viola fez parte e apesar do seu papel não ser expressivo, ela aparece o tempo todo ao lado de um grande nome do cinema e faz parte do treinamento do personagem principal, ou seja, ela é um nome no elenco de apoio. O filme não é ruim, é nível adolescente para sessão da tarde, possui uma história fantasiosa de ficção no futuro, que cumpre o que promete em sua sinopse e causa satisfação ao final.

Viola é uma das mulheres mais bonitas da atualidade, engajada no feminismo e militante negra. Ela é um ícone.

You Might Also Like